Modelo Prado MMGP

FUNDAMENTOS DO MODELO DE MATURIDADE PRADO-MMGP


Apresentamos a seguir um texto resumido sobre as características básicas do modelo de maturidade Prado-MMGP. Desejando ler o texto completo, clique aqui.

O Modelo Prado-MMGP Setorial

MMGP é baseado na experiência do consultor Darci Prado numa organização de classe mundial (IBM), em magistério e na prestação de consultoria pela Falconi (ex-INDG). Possui mais de 40 anos de experiência com gerenciamento e já teve oportunidade de se envolver com projetos dos mais diferentes tipos, indo de construção, tecnologia de informações, desenvolvimento de novos produtos, instalação de equipamentos, etc. Auxiliou dezenas de organizações brasileiras a se estruturarem para este desafio.


O modelo Prado-MMGP utilizado nesta pesquisa  foi lançado em dezembro de 2002. Em Janeiro de 2014 foi lançada a versão 2. Ele se propõe a avaliar a maturidade de um setor de uma organização e possui as seguintes características:


• Contempla 5 níveis e 7 dimensões

• Contempla Processos, Ferrramentas, Pessoas, Estruturas e Estratégias

• É aderente ao PMBOK (PMI), ao ICB (IPMA) e Prince2.



Níveis, Dimensões e Sucesso


Na Figura abaixo mostramos os níveis, as dimensões e o relacionamento com a execução bem sucedida de projetos.

Os níveis são os seguintes (veja figura acima):

Nível 1 – Inicial
Nível 2 – Conhecido
Nível 3 – Padronizado
Nível 4 – Gerenciado
Nível 5 – Otimizado

As sete dimensões são:

– Competência em Gerenciamento de Projetos
– Competência Técnica e Contextual
– Competência Comportamental
– Metodologia
– Informatização
– Estrutura Organizacional
– Alinhamento Estratégico

As dimensões acima criam a PLATAFORMA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS, conforme figura:

Cada nível pode conter até 7 dimensões da maturidade em diferentes intensidades e peculiaridades. A seguir mostramos um resumo dos níveis. 

NIVEL 1 –  Inicial

A empresa não possui uma percepção correta do que sejam projetos e gerenciamento de projetos (GP). Projetos são executados na base da intuição, “boa vontade” ou “melhor esforço” individual. Geralmente não se faz planejamento e o controle é inexistente. Não existem procedimentos padronizados. O sucesso é fruto do esforço individual ou da sorte. 

NIVEL 2 – CONHECIDO (iniciativas isoladas)

Este nível representa o despertar para o assunto gerenciamento de projetos. Suas principais características são:

– Conhecimentos introdutórios de Gerenciamento de Projetos.

– Uso introdutório de ferramentas (sw) para sequenciamento de atividades.

– Iniciativas isoladas para o planejamento e controle de alguns projetos.

– Cada profissional trabalha a seu modo, visto a não existência de uma plataforma padronizada para Gerenciamento de Projetos, constituída de processos, ferramentas, estrutura organizacional, etc.

– Ocorre o despertar de uma consciência sobre a importância da implementação de cada um dos componentes de uma plataforma de gerenciamento de projetos (GP).

NIVEL 3 – PADRONIZADO

Este nível representa a situação em que foi implementada uma plataforma de GP. Suas principais características são:

– Evolução nas competências.

– Existência de uma plataforma padronizada para Gerenciamento de Projetos.

– Uso de baseline.

– Medição de desempenho dos projetos encerrados.

– Captura de dados de anomalias que impactam os resultados dos projetos (atrasos, estouro de custos, etc.).

– A plataforma está em uso pelos principais envolvidos há mais de um ano.

– Uma quantidade significativa de projetos utilizou todos os processos da metodologia (início, meio e fim).

NIVEL 4 – GERENCIADO

Este nível representa a situação em que a plataforma de GP realmente funciona e dá resultados. Suas principais características são:

– Os profissionais demonstram constantemente um alto nível de competência, alinhando conhecimento e experiência prática.

– Eliminação (ou mitigação) das anomalias gerenciáveis que atrapalham os resultados dos projetos.

– Os resultados da área (índice de sucesso, atrasos, etc.) são compatíveis com o esperado para o nível de maturidade 4.

– Esta situação ocorre há mais de 2 anos

– Uma quantidade significativa de projetos já completaram seus ciclos de vida neste cenário.

NIVEL 5 – OTIMIZADO

Este nível representa a situação em que a plataforma de GP não somente funciona e dá resultados como também foi otimizada por meio de inovação tecnológica e de processos. Suas principais características são:

– Otimização de processos e ferramentas

– Otimização de resultados (prazos, custos, escopo, qualidade, desempenho, etc.)

– Altíssimo nível de sucesso

– Ambiente e clima de trabalho de eficiência, produtividade e baixo stress

– Alto reconhecimento da competência da área e da organização, que são vistas como benchmark

– Esta situação ocorre há mais de 2 anos

– Uma quantidade significativa de projetos já completaram seus ciclos de vida neste cenário.

Referência

Para maiores informações sobre o modelo MMGP veja o livro Maturidade em Gerenciamento de Projetos

Para adquirir este livro acesse www.editorafalconi.com